Publicações

PROJETO EDUCATIVO SOBRE HIPERTENSÃO ARTERIAL EM GRUPO DE HIPERTENSOS DO ESF SÃO JOAQUIM
Download da publicação

Especificação



Titulo :

PROJETO EDUCATIVO SOBRE HIPERTENSÃO ARTERIAL EM GRUPO DE HIPERTENSOS DO ESF SÃO JOAQUIM

Resumo :

A hipertensão arterial é talvez o problema mais importante, porque é muitas vezes assintomática, e causa complicações fatais. Esta condição é considerada uma doenças crônicas não transmissíveis mais frequentemente, que atinge grande parte da população e esta sujeita a sofrer influencias de vários fatores de risco os quais podem desencadear esta patologia ou intensifica-la. Diante disso que realizamos um Projeto de Intervenção na unidade de saúde de São Joaquim, município Vitoria da Conquista Bahia em o período (Novembro 2013-setembro 2014) com o objetivo de prevenir ou retardar o aparecimento da hipertensão arterial e reduzir a morbidade e mortalidade por hipertensão, usando como principal estratégia a promoção da qualidade de vida através de um programa de intervenção educativa. Tomou-se uma amostra de 140 pacientes hipertensos, e analisamos uma série de variáveis: sexo, idade, fatores de risco, o conhecimento de complicações, o cumprimento de tratamento médico. Foram realizadas Rodas de conversas com os grupos buscando caracterizar os sujeitos participantes. Os dados foram submetidos apresentados na forma de tabela . A análise permitiu observar uma predominância mulheres que homens hipertensos, na comunidade, além de promover maior conhecimento para população sobre hipertensão e a a diminuição de morbidade e complicações desta doença na população.

Autores :

MAGALY PEREZ RAMOS

Referência :

Para obter o arquivo deste TCC, solicite diretamente ao autor, através do email: magalyperezr46@gmail.com

ANALISE DA BAIXA COLETA DOS EXAMES CITOPATOLIGICOS NA UNIDADE BASICA DE SAUDE DE VEREDINHA
Download da publicação

Especificação



Titulo :

ANALISE DA BAIXA COLETA DOS EXAMES CITOPATOLIGICOS NA UNIDADE BASICA DE SAUDE DE VEREDINHA

Resumo :

O câncer do colo do útero ainda constitui um grande problema de saúde pública no Brasil e no mundo todo, mas as populações mais afetadas por esta doença são as de mais baixo nível socioeconômico e educacional. A identificação precoce do câncer de colo uterino aumenta substancialmente a sua probabilidade de cura. Sua prevenção é feita por o exame citopatológico de colo do útero. A presente pesquisa identificou os prováveis fatores contribuintes para a baixa coleta dos preventivos na USF de Veredinha do município de Vitoria da Conquista-BA no período do ano 2013. Utilizou-se um estudo descritivo-exploratório, onde foram coletados dados obtidos da base estadística do SIAB e dos documentos do registro da USF referentes aos preventivos feitos desde Januario até dezembro dos 2013. Os dados foram analisados e dentre as mulheres de 20 á 60 anos ( 813 ) , só o 9.34% fiz o exame do preventivo , a faixa etária de maior incidência foram às mulheres entre 49 e 59 , com menor quantidade de preventivo feitos . Alem disso as ACS não tinham o conhecimento suficiente para orientar as mulheres ao respeito. Foi demonstrado que a maioria das mulheres sentem se com vergonha e/ou não sabem a importância do preventivo. Para corrigir as dificuldades encontradas foi criado um plano de ação onde cada integrante da equipe serão responsável das atividades de prevenção e promoção em saúde . O exame de preventivo é um método fácil , econômico e acessível para a prevenção de uma doença considerada uma das mais freqüentes nas mulheres

Autores :

MAGALY PEREZ LOPEZ

Referência :

Para obter o arquivo deste TCC, solicite diretamente ao autor, através do email: perezlopezmagaly@yahoo.com.br

EFETIVIDADE DE INTERVENÇÃO EDUCATIVA NO CONTROLE DA HIPERTENSÃO ARTERIAL EM GRUPO DE HIPERTENSOS DO USF BATE PE. 2014
Download da publicação

Especificação



Titulo :

EFETIVIDADE DE INTERVENÇÃO EDUCATIVA NO CONTROLE DA HIPERTENSÃO ARTERIAL EM GRUPO DE HIPERTENSOS DO USF BATE PE. 2014

Resumo :

A hipertensão arterial é a mais prevalente das doenças cardiovasculares, realizamos um projeto de intervenção, com o objetivo de determinar a eficácia da intervenção educativa no controle da pressão arterial em hipertensos USF Bat Pe, a amostra selecionada foi composta de 60 pacientes hipertensos em tratamento, que moram nas proximidades para facilitar o estudo. A acção comunitária proposta com enfoque de participação ? ação, foi realizada em três fases: análise da situação, avaliação e intervenção. A pesquisa foi realizada a partir do cadastramento dos pacientes Hipertensos, levando-se em consideração aqueles indivíduos que apresentam inadequado controle do níveis pressóricos. Os dados foram coletados por meio de entrevistas individuais, realizadas na consulta. A intervenção foi realizada por meio de oficinas temáticas, a pressão arterial foi avaliada ao inicio e final do estudo. Ao finalizar o estudo chegamos às seguintes conclusões: A maioria dos pacientes eram do sexo feminino (61,7%), 51,7% tinham mais de 60 anos, 36,7% eram de raça negra, 33,3% foram separados, 28,3% do nível de escolaridade ensino fundamental, o 18,3% dos pacientes hipertensos estudados tinham um histórico de diabetes mellitus, em relação ao estilo de vida, 20% dos pacientes bebem regularmente, 21,7% são fumantes, a maioria não usam drogas (95%) e 48,3% praticam esportes, o início da intervenção, 68,3% dos pacientes tinham nível de pressão sanguínea elevada, no final do estudo 76,7% dos pacientes haviam normalizado a pressão arterial, uma melhoria foi observada nos índices de controle da pressão arterial em todos os pacientes que receberam a intervenção educativa.

Autores :

MAGALY MENENDEZ BERRIO

Referência :

Para obter o arquivo deste TCC, solicite diretamente ao autor, através do email: magalymb09@gmail.com

CONTROLE DA POLIMEDICAÇÃO EM PACIENTES HIPERTENSOS E DIABÉTICOS DA UNIDADE AROEIRA DO MUNICÍPIO PÉ DE SERRA, BAHIA.
Download da publicação

Especificação



Titulo :

CONTROLE DA POLIMEDICAÇÃO EM PACIENTES HIPERTENSOS E DIABÉTICOS DA UNIDADE AROEIRA DO MUNICÍPIO PÉ DE SERRA, BAHIA.

Resumo :

O presente projeto de intervenção buscou controlar e diminuir o uso de medicamentos de usuários acometidos simultaneamente por Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS) e Diabetes Melittus (DM) na Estratégia Saúde da Família de Aroeira, município Pé de Serra, estado da Bahia. Inicialmente o projeto visou caracterizar os usuários acometidos por ambas as enfermidades, e a partir disso diagnosticar os temas necessários a serem discutidos com a população em relação à adoção de hábitos saudáveis. A partir das fichas médicas e do Sistema de Informação da Atenção Básica (SIAB) foram identificados 159 cadastrados hipertensos, 72 diabéticos e 53 possuíam ambas as doenças. Em relação ao gênero, 58,4% são mulheres hipertensas e 72,2 % são diabéticas. Sobre o uso de polimedicação, 53,4 % dos hipertensos e 56,9 % dos diabéticos utilizam três ou mais medicamentos no tratamento da doença. A faixa etária predominante encontra-se entre 51 e 70 anos de idade nas duas alterações sistêmicas. Após traçado esse perfil, a equipe de saúde realizou exposições dialogadas a respeito da alimentação saudável, stand com o tema: ?Medicina Verde?, e realizou oito caminhadas coletivas ressaltando a importância das atividades físicas, para 150 usuários sendo 100 hipertensos e 50 diabéticos. O acompanhamento médico e de enfermagem foi realizado no programa Hiperdia. Vinte duas visitas domiciliares foram feitas aos casos considerados de maior risco. As atividades educativas foram executadas no período de um ano. As ações devem ser continuadas para que se possam estimular diariamente esses indivíduos a praticarem hábitos saudáveis, conseguindo assim, diminuir a quantidade de medicamentos permitindo aos mesmos a conquista de uma melhor qualidade de vida.

Autores :

MAGALIS CALDERON DIAZ

Referência :

Para obter o arquivo deste TCC, solicite diretamente ao autor, através do email: magaliscdiaz@yahoo.es

DESENVOLVIMENTO DA GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA NO ESF MIRO CAIRO
Download da publicação

Especificação



Titulo :

DESENVOLVIMENTO DA GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA NO ESF MIRO CAIRO

Resumo :

Do ponto de vista do mundo adulto, a adolescência é caracterizada por uma fase da vida em que o adolescente é um ser em desenvolvimento e em conflito, pois atravessa uma crise que se origina, basicamente, em mudanças corporais, fatores pessoais e conflitos familiares, sendo considerado maduro ou adulto quando bem adaptado à estrutura da sociedade. Tendo em vista este problema na saúde pública mundial o objetivo desse trabalho é Identificar e descrever a percepção que a adolescente tem do risco de uma gravidez a partir da análise dos relatos manifestados pelo grupo participante da pesquisa. Em face da necessidade de avaliar adolescentes grávidas, quanto a sua natureza, a pesquisa adotará o enfoque quantitativo, por nos possibilitar o estudo sobre as concepções das adolescentes grávidas a respeito do risco da gravidez ao considerarmos os pontos de vista mais relevantes, cujos relatos foram obtidos por meio de questionário, anônimo e individual com perguntas abertas sobre o assunto, tendo como sujeitos oito adolescentes em período gestacional, inscritas no programa de pré-natal da USF Miro Cairo em Vitória da Conquista Bahia, onde as informações foram coletadas nos meses de maio a julho de 2014, sendo levantados os seguintes itens: idade, estado civil, nível de escolaridade, engravidou ou não na 1ª relação sexual. Da análise dos discursos, emergiram três categorias assim nomeadas: O impacto da gravidez na adolescência, a percepção do risco de engravidar e, a equipe da saúde no processo educacional da adolescente. O trabalho mostra que as adolescentes conhecem métodos contraceptivos, pelo menos a camisinha, porém conhecê-los não é suficiente, uma vez que não significa usá-los. É necessário ter condições de utilizá-los bem, impedindo que ocorra gravidez precoce e indesejada.

Autores :

MAELEMNIS POMPA OLIVET

Referência :

Para obter o arquivo deste TCC, solicite diretamente ao autor, através do email: maelemnispompa@gmail.com

PROJETO DE INTERVENÇÃO: SOBRE BAIXO NIVEL DE CONHECIMENTO DOS PACIENTES HIPERTENSOS SOBRE SUA DOENÇA EN USF LAGOA DAS FLORES II
Download da publicação

Especificação



Titulo :

PROJETO DE INTERVENÇÃO: SOBRE BAIXO NIVEL DE CONHECIMENTO DOS PACIENTES HIPERTENSOS SOBRE SUA DOENÇA EN USF LAGOA DAS FLORES II

Resumo :

A hipertensão arterial caracteriza-se por ser uma doença crônica, que atinge grande parte da população e está sujeita a sofrer influencias de vários fatores de risco, os quais podem desencadear esta patologia ou intensifica-la. A fim de que consigamos controla-la e necessário que os profissionais de saúde orientem os pacientes. Ocupa lugar de destaque no contexto da transição epidemiológica e constitui um dos principais fatores de risco para o aparecimento das doenças cardíacas. O presente estudo objetivou promover ações educativas em saúde a os pacientes portadores de Hipertensão Arterial adscrito a Unidade de Saúde da Familia Lagoa das Flores II do Município Vitoria da Conquista, do Estado Bahia. Trata-se de uma pesquisa descritiva quantitativa na qual participaram um grupo de 60 pacientes hipertensos acompanhados e cadastrados em nossa USF no período Janeiro a Julho 2014. Para tal, foram realizadas Rodas de Conversas com o grupo buscando caracterizar os sujeitos participantes. Os dados quantitativos foram submetidos ao tratamento de estadística descritivo, e apresentado na forma de tabela. Aproximadamente el (70%) dos pacientes não tinham conhecimento sobre a definição de hipertensão arterial e, quando afirmaram conhecer, não assinalaram de maneira correta o significado de hipertensão arterial. Foi constatado que o baixo nivel de conhecimento dos pacientes hipertensos esta relacionado principalmente a o baixo nivel de escolaridade e a falta de ações educativas, pois trata se de uma patologia silenciosa, que eleva as internações e agravos da doença e morte, evidenciando a importância das ações de educação em saúde com pacientes portadores de hipertensão arterial.

Autores :

MADIEL COBAS MATOS

Referência :

Para obter o arquivo deste TCC, solicite diretamente ao autor, através do email: madielcobas@gmal.com

INFLUÊNCIA DAS AÇÕES EDUCATIVAS NA MUDANÇA DO ESTILO DE VIDA DOS PACIENTES HIPERTENSOS E DIABÉTICOS DE LAGOA FORMOSA E A REPERCUSSÃO EM SUA QU...
Download da publicação

Especificação



Titulo :

INFLUÊNCIA DAS AÇÕES EDUCATIVAS NA MUDANÇA DO ESTILO DE VIDA DOS PACIENTES HIPERTENSOS E DIABÉTICOS DE LAGOA FORMOSA E A REPERCUSSÃO EM SUA QUALIDADE DE VIDA.

Resumo :

65% da população de Lagoa Formosa tem 20 ou mais anos, constituindo o grupo de maior prevalência de doenças crônicas, principalmente Hipertensão Arterial e Diabetes Mellitus. Em nossa área de abrangência não temos uma adequada avaliação nutricional dos pacientes nessa faixa etária com diagnostico de hipertensão e diabetes, sendo a obesidade um fator de risco para o desenvolvimento e agravo de estas doenças. Se elabora o projeto de intervenção educativa com o objetivo de fomentar a mudança no estilo de vida nos pacientes diabéticos e hipertensos com sobrepeso ou obesidade e lograr a melhora de seu estado nutricional o mediano e longo prazo. Avaliação da informação dos pacientes sobre sua doença foi executada com a aplicação de um formulário, onde se coletaram os dados gerais do paciente como são (nome, idade, micro área, doença , tempo de evolução da doença, se conhece qual é seu peso atual, se conhece qual deve ser seu peso adequado, se tem informação sobre complicações de obesidade como são o mal controle de hipertensão e a diabetes, aumento das doenças cardíacas, problemas circulatórios, elevação do colesterol e triglicérides, algum tipos de câncer. Avaliação do estado nutricional dos pacientes alvos do estudo foi feita com o cálculo do Índice de Massa Corporal (IMC), que relaciona o peso da pessoa com sua altura. [Peso (kg)/estatura (m2)]. Também foi avaliada a circunferência da cintura. Avaliação nutricional incluiu a determinação do colesterol total, triglicerídeos e glicemia de jejum. Se utilizaram em cada caso, os pontos de corte estabelecidos pela OMS. A tabulação e análise dos resultados foram realizados através de tabelas e gráficos e os resultados expressados em por cento (%). O projeto pretende mudar o estilo de vida nos pacientes diabéticos e hipertensos com sobrepeso ou obesidade assim como melhorar o estado nutricional de estes pacientes a mediano e largo prazo. Para cumprimentar as atividades do projeto os recursos necessários foram: material de oficina, folhetos educativos, finta métrica, balança; como material de consumo; o material humano o conformou a equipe de saúde da família com o apoio dos profissionais do NASF. O projeto tem contribuído para o estreitamento das relações entre a equipe e os pacientes com doenças crônicas, favorecendo a adesão ao tratamento não farmacológico ao aumentar a informação de eles sobre sua doença, seu estado nutricional e a importância da mudança do estilo de vida.

Autores :

MABLE MORALES CALDERON

Referência :

Para obter o arquivo deste TCC, solicite diretamente ao autor, através do email: mablemocal@gmail.com

MODIFICAÇÃO DOS FATORES DE RISCO RELACIONADOS ÀS DOENÇAS CRÔNICAS NÃO TRANSMISSÍVEIS NA COMUNIDADE DA ESF DE CORTE, IRARA.
Download da publicação

Especificação



Titulo :

MODIFICAÇÃO DOS FATORES DE RISCO RELACIONADOS ÀS DOENÇAS CRÔNICAS NÃO TRANSMISSÍVEIS NA COMUNIDADE DA ESF DE CORTE, IRARA.

Resumo :

A Unidade Básica de Saúde da Família de Corte, localizada no município de Irará no Estado da Bahia, possui o registro de 4.518 pacientes. Na prática, a Equipe de Saúde da Família observou que 136 usuários são obesos, 81 são sedentários, 126 tabagistas, 312 apresentam hiperlipidêmias e 76 são alcoólatras. Esses agravos na saúde são considerados fatores de risco para as DCNT (Hipertensão, Diabetes Mellitus, Cardiopatia Isquêmica) que acometem uma grande parcela da comunidade, pois 398 são hipertensos, 121 são diabéticos e 62 são cardiopatas. A equipe entendeu a necessidade de estabelecer ações preventivas a fim de esclarecer a população adscrita da importância de controlar os fatores de risco, bem como caracterizar esse segmento populacional. Para isso foi proposto à realização de palestras informativas sobre a repercussão dos fatores de risco relacionados às doenças crônicas não transmissíveis. A fim de estimular as atividades físicas, foram levantadas junto às lideranças comunitárias áreas de lazer do bairro, aonde o educador físico em conjunto com a equipe médica acompanhou as atividades físicas. A partir das fichas médicas os usuários expostos aos fatores de riscos foram caracterizados, sendo que 57,5% do sexo masculino, 42,4% eram da raça negra, predominando a faixa etária entre 36 a 50 anos de idade, apenas 67% possuíam o ensino fundamental completo. Desse segmento populacional 20,1% participaram além das ações propostas de consultas programadas. As ações realizadas contribuíram para a melhor propagação da informação, fomentando a mudança de hábitos nesses indivíduos, quanto à equipe de saúde da família, a experiência foi exitosa, os dados coletados servirão de base para a elaboração de outras ações que visem à continuidade de se prevenir as DCNT, proporcionado assim, uma melhor qualidade de vida.

Autores :

LUIS ALBERTO PEREZ SERRANO

Referência :

Para obter o arquivo deste TCC, solicite diretamente ao autor, através do email: escorpionhlg@gmail.com

MODIFICAÇÃO DOS FATORES DE RISCO RELACIONADOS ÀS DOENÇAS CRÔNICAS NÃO TRANSMISSÍVEIS NA COMUNIDADE DA ESF DE CORTE, IRARA.
Download da publicação

Especificação



Titulo :

MODIFICAÇÃO DOS FATORES DE RISCO RELACIONADOS ÀS DOENÇAS CRÔNICAS NÃO TRANSMISSÍVEIS NA COMUNIDADE DA ESF DE CORTE, IRARA.

Resumo :

A Unidade Básica de Saúde da Família de Corte, localizada no município de Irará no Estado da Bahia, possui o registro de 4.518 pacientes. Na prática, a Equipe de Saúde da Família observou que 136 usuários são obesos, 81 são sedentários, 126 tabagistas, 312 apresentam hiperlipidêmias e 76 são alcoólatras. Esses agravos na saúde são considerados fatores de risco para as DCNT (Hipertensão, Diabetes Mellitus, Cardiopatia Isquêmica) que acometem uma grande parcela da comunidade, pois 398 são hipertensos, 121 são diabéticos e 62 são cardiopatas. A equipe entendeu a necessidade de estabelecer ações preventivas a fim de esclarecer a população adscrita da importância de controlar os fatores de risco, bem como caracterizar esse segmento populacional. Para isso foi proposto à realização de palestras informativas sobre a repercussão dos fatores de risco relacionados às doenças crônicas não transmissíveis. A fim de estimular as atividades físicas, foram levantadas junto às lideranças comunitárias áreas de lazer do bairro, aonde o educador físico em conjunto com a equipe médica acompanhou as atividades físicas. A partir das fichas médicas os usuários expostos aos fatores de riscos foram caracterizados, sendo que 57,5% do sexo masculino, 42,4% eram da raça negra, predominando a faixa etária entre 36 a 50 anos de idade, apenas 67% possuíam o ensino fundamental completo. Desse segmento populacional 20,1% participaram além das ações propostas de consultas programadas. As ações realizadas contribuíram para a melhor propagação da informação, fomentando a mudança de hábitos nesses indivíduos, quanto à equipe de saúde da família, a experiência foi exitosa, os dados coletados servirão de base para a elaboração de outras ações que visem à continuidade de se prevenir as DCNT, proporcionado assim, uma melhor qualidade de vida.

Autores :

LUIS ALBERTO PEREZ SERRANO

Referência :

Para obter o arquivo deste TCC, solicite diretamente ao autor, através do email: escorpionhlg@gmail.com

ASSITÊNCIA INTEGRAL AOS USUÁRIOS PORTADORES DE ALTERAÇÕES MENTAIS DA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA CLEMENCEAU TEIXEIRA
Download da publicação

Especificação



Titulo :

ASSITÊNCIA INTEGRAL AOS USUÁRIOS PORTADORES DE ALTERAÇÕES MENTAIS DA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA CLEMENCEAU TEIXEIRA

Resumo :

O objetivo deste estudo foi identificar e controlar os casos de doenças mentais na população adscrita a Unidade de Saúde da Família Clemenceu Teixeira, Macajuba, Bahia, verificando a prevalência de Transtornos Mentais Comuns (TMC) em uma população assistida por uma equipe da Estratégia Saúde da Família. Como ação de prevenção, buscamos orientar os familiares dos usuários acometidos. Foram realizadas 04 reuniões com a equipe de trabalho, uma exposição dialogada e uma palestra com 47 usuários, 21 visitas domiciliares multiprofissionais e uma reunião com os Agentes Comunitários de Saúde visando a abordagens desses profissionais com a população acometida. No total, foram 16 usuários encaminhados e avaliados pelo psiquiatra no município, e 05 pela psicóloga. Os resultados mostraram que a prevalência de casos de TMC na população foram os indivíduos da faixa etária entre 45 a 59 anos de idade (44,7%), do sexo feminino (59,6%) e que viviam com os companheiros (66%). Com relação à escolaridade, prevaleceram os indivíduos com ensino fundamental (61,7%). Em relação a (80,9%) possuíam um salário mínimo ou menos, a presença de doença crônica esteve presente em 38,3% dos pacientes. Dessa forma, a equipe caracterizou e reorientou os 47 usuários com TMC, conseguindo melhorar a assistência a esse segmento.

Autores :

LETICIA DE LA CARIDAD DIAZ GUERRA

Referência :

Para obter o arquivo deste TCC, solicite diretamente ao autor, através do email: leticiadiazguerra@yahoo.com

EDUCAÇÃO EM SAÚDE COMO ESTRATÉGIA DE ENFRENTAMENTO DA HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA.
Download da publicação

Especificação



Titulo :

EDUCAÇÃO EM SAÚDE COMO ESTRATÉGIA DE ENFRENTAMENTO DA HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA.

Resumo :

Hipertensão arterial é talvez o problema mais importante, porque é muitas vezes assintomática e causa complicações fatais. Esta é considerada uma doença crônica não transmissível, mas que, freqüentemente atinge grande parte da população e esta sujeita a sofrer influência de vários fatores de risco os quais podem desencadear esta patologia ou intensificá-la. Diante disso, realizamos um Projeto de Intervenção na unidade de saúde de São Paulinho, município Uauá, Bahia no período (Novembro 2013 a Setembro 2014), com o objetivo de prevenir ou retardar o aparecimento da hipertensão arterial e reduzir a morbidade e mortalidade por hipertensão, usando como principal estratégia a promoção da qualidade de vida através de um programa de intervenção educativa. Fizeram parte do projeto uma amostra de 140 pacientes hipertensos, sendo 13,8% mulheres e 11,1% homens, analisamos uma série de variáveis: sexo, fatores de risco, o conhecimento de complicações, o cumprimento de tratamento médico. Foram realizadas palestras educativas, atividade em grupo, visitas domiciliares, conferencia, foram criadas clubes de hipertensos. Os dados foram submetidos e apresentados na forma de tabela. Após executar este projeto foi observada uma diminuição da morbidade de paciente com hipertensão arterial elevada, além de garantir à população o conhecimento de medidas que possam evitar doenças e suas complicações.

Autores :

LAZARA MAIDELYS RODRIGUEZ SARDINAS

Referência :

Para obter o arquivo deste TCC, solicite diretamente ao autor, através do email: maidelysrs@gmail.com

ANÁLISE DOS FATORES DE RISCOS PARA AS DOENÇAS PARASITARIA NO PSF TRANQUEIRAS, ITUACU - BA
Download da publicação

Especificação



Titulo :

ANÁLISE DOS FATORES DE RISCOS PARA AS DOENÇAS PARASITARIA NO PSF TRANQUEIRAS, ITUACU - BA

Resumo :

Infecções e doenças parasitárias são um grande problema de saúde na maioria dos países latino-americanos, por sua freqüência, problemas diagnósticos e terapêuticos colocados e, por vezes, a sua gravidade. Geralmente a incidência, intensidade e prevalência de parasitas intestinais é maior em crianças do que em adultos, possivelmente devido à falta de resistência natural ou adquirida e as diferenças de comportamento e hábitos. Em face da necessidade de avaliar as infecções parasitarias quanto a sua natureza, através de Projeto de Intervenção, por nos possibilitar abordagem sobre esta doença e fazer estudo comparativo, tendo como sujeitos 357 pacientes diagnosticadas no ESF Tranqueiras, Ituacu- Bahia, onde as informações foram coletadas nos meses de maio a julho de 2014, sendo levantados os seguintes itens:. idade, estado civil, nível de escolaridade, abastecimento da agua, condições de moradia, saneamento ambiental, destino de fezes/urine e destino de lixos, Da análise dos discursos, emergiram três categorias assim nomeadas: O impacto da doença, a percepção do risco de parasitismo e, a equipe da saúde no processo educacional da população. A análise permitiu identificar e descrever o que os pacientes, inicialmente, identificam o risco de adoecer por parasitismo, mas o ignoram. Porém, ao passar pela experiência, reconhecem o risco como real, levando-os ao testemunho no sentido de alertar outras pessoas. Palavras chave: Parasitoses, Fatores de riscos; educação higienica.

Autores :

JUDITH ALICIA GARCIA CRUZ

Referência :

Para obter o arquivo deste TCC, solicite diretamente ao autor, através do email: judithnay17@gmail.com

MODIFICAÇÃO DAS CONDIÇÕES HIGIÊNICAS - SANITÁRIAS DA COMUNIDADE DO PSF RIO DO ANTÔNIO PARA DIMINUIR A INCIDÊNCIA DAS DOENÇAS DIARREICAS AGUDAS ...
Download da publicação

Especificação



Titulo :

MODIFICAÇÃO DAS CONDIÇÕES HIGIÊNICAS - SANITÁRIAS DA COMUNIDADE DO PSF RIO DO ANTÔNIO PARA DIMINUIR A INCIDÊNCIA DAS DOENÇAS DIARREICAS AGUDAS NO PERIODO NOVEMBRO/2013 A OUTUBRO/2014

Resumo :

A partir de parceria do Ministério da Saúde com os municípios, estudos epidemiológicos têm sido desenvolvidos com o objetivo de notificar dados pertinentes à realidade local, que interferem no desenvolvimento da população. É sabido que a base familiar, associada a boas condições higiênicas e alimentares são primordiais na prevenção da Doença Diarreica. Assim sendo, o presente trabalho fará uma breve discussão sobre as causas envolvidas na incidência e posteriormente apresentará os casos notificados de Doenças Diarreicas Agudas no PSF SEDE no município Rio do Antônio, Bahia. No período de Novembro 2013 a outubro de 2014, sendo abordado o conceito, a etiologia, os sintomas, tratamento e prevenção a traves do programa educativo feito um estudo de intervenção educativa em pacientes que acudiram na consulta com quadro de Diarreia Aguda. Serão apresentadas também possíveis medidas atenuadoras do problema referido para modificar conhecimentos sobre hábito de vida saudável. Os dados utilizados são reais, de acordo com questionário fornecido pelo Ministério da Saúde, juntamente com a Secretaria de Vigilância em Saúde, Departamento de Vigilância Epidemiológica e Coordenação Geral do Programa Nacional de Imunizações para realização do MDDA ? Monitoramento das Doenças Diarreicas Agudas de determinado município e do Questionário Aplicados para este fim.

Autores :

JUANA ELISA EIRIN ARAÑO

Referência :

Para obter o arquivo deste TCC, solicite diretamente ao autor, através do email: juanaelisae@yahoo.es

INTERVENÇÃO INDIVIDUAL SOBRE ADESÃO AO TRATAMENTO EM UM GRUPO DE PACIENTES HIPERTENSOS NO PSF DE TIQUARUÇÚ. MUNICÍPIO FEIRA DE SANTANA, BAHIA...
Download da publicação

Especificação



Titulo :

INTERVENÇÃO INDIVIDUAL SOBRE ADESÃO AO TRATAMENTO EM UM GRUPO DE PACIENTES HIPERTENSOS NO PSF DE TIQUARUÇÚ. MUNICÍPIO FEIRA DE SANTANA, BAHIA.

Resumo :

A hipertensão arterial sistêmica (HAS) ocupa lugar de destaque no contexto da transição epidemiológica e constitui um dos principais fatores de risco para o aparecimento das doenças cardíacas. O controle da HAS está diretamente relacionado ao grau de adesão do paciente ao regime terapêutico. A adesão ao tratamento, medicamentoso ou não, é fundamental para o sucesso da terapia instituída pela equipe de saúde. Objetivou-se avaliar a efetividade da intervenção individual na adesão ao tratamento em pacientes hipertensos no PSF Tiquaruçú, Feira de Santana-Ba. A amostra foi conformada por 56 pacientes hipertensos que concorreram a consulta no período de novembro/2013-novembro/2014; Conformou-se uma base de dados que incluíram idade, sexo, alfabetização, estágio da doença, comorbidades, número de medicamentos usados, dieta e pratica de exercícios físicos. Se aplicou a entrevista em cada consulta de Hiperdia durante a duração do estudo, ajustando as caraterísticas individuais de cada paciente com o propósito de determinar adesão ao tratamento quanto a dieta, prática de exercício físico e a toma de medicamentos indicados em horário e dose certa para avaliar as possíveis mudanças na adesão ao tratamento medicamentoso e no estilo de vida recomendados. Identificaram-se o sexo masculino, os idosos, a não alfabetização, a obesidade e utilizar mais de um medicamento anti-hipertensivo como os principais fatores que influenciam negativamente na adesão ao tratamento nos pacientes hipertensos; a maioria dos pacientes mostraram tendência a melhorar à adesão, a mais alta taxa de adesão correspondeu às modificações no tratamento farmacológico, acontecendo o contrário com a prática de exercícios físicos. Recomenda-se complementar a intervenção individual com atividades grupais dirigidas a reforçar as medidas que possam melhorar a adesão ao tratamento para a diminuição da morbimortalidade ocasionada por esse agravo tão prevalente e incapacitante.

Autores :

ISABEL DEL CARMEN CESPEDES CAUSELO

Referência :

Para obter o arquivo deste TCC, solicite diretamente ao autor, através do email: isacausel2013@yahoo.es

INCENTIVO PARA AUMENTAR NÍVEL DE CONHECIMENTO A POPULAÇÃO COM HIPERTENSÃO ARTERIAL
Download da publicação

Especificação



Titulo :

INCENTIVO PARA AUMENTAR NÍVEL DE CONHECIMENTO A POPULAÇÃO COM HIPERTENSÃO ARTERIAL

Resumo :

A Hipertensão representa um motivo de preocupação para profissionais da saúde e dos pacientes, pois podem acarretar uma série de complicações, como infarto agudo do miocárdio, acidentes cerebrovasculares, diabetes mellitus, provocando limitações funcionais, perda da independência e comprometimento da qualidade de vida desta população e até a morte. Estudos tornam-se necessários a fim de buscar meios mais efetivos para minimizar sua incidência. O objetivo deste estudo é Incentivar o nível de conhecimento às pessoas com Hipertensão de 18 a 60 anos e mais de idade em nosso PSF do IPUAÇU A amostra apresentou uma prevalência de 30,06% de Hipertensão; destas, 57% do sexo feminino, 43 % do sexo masculino, idades de maior prevalência foi de 60 e mais para um 33,6%. Associado ao levantamento de dados, procedeu-se uma revisão das causas de Hipertensão, fatores de risco e as medidas preventivas, que se fazem necessárias para reduzir a exposição desta população aos fatores de riscos, de todos os pacientes estudados tinham outras doenças associadas como Diabetes Mellitus com 93,9% e Hiperlipidemia com 90,8%. Depois da intervenção o 97,9 % da amostra lograram elevar seu nível de conhecimento

Autores :

IRMA PEREZ LEGRA

Referência :

Para obter o arquivo deste TCC, solicite diretamente ao autor, através do email: irmaperezlegra@yahoo.com.br

INTERVENÇÃO EDUCATIVA SOBRE DISLIPIDEMIAS EM UM GRUPO DE PACIENTES NO USF GABRIELA II. MUNICÍPIO FEIRA DE SANTANA, BAHIA.
Download da publicação

Especificação



Titulo :

INTERVENÇÃO EDUCATIVA SOBRE DISLIPIDEMIAS EM UM GRUPO DE PACIENTES NO USF GABRIELA II. MUNICÍPIO FEIRA DE SANTANA, BAHIA.

Resumo :

Os fatores de risco das doenças cardiovasculares possuem características que necessitam cuidados diferenciados na orientação do seu tratamento. Em relação a dislipidemia, existem diversas razões para que pacientes em tratamento não atinjam a meta terapêutica, geralmente estão associadas a outros fatores de risco cardiovascular como hipertensão arterial diabetes ou obesidade, dentre delas podemos citar falta de adesão por desconhecimento. Tais motivos podem ser esclarecidos através da orientação adequada ao paciente. A educação em saúde envolve conhecimento das necessidades de aprendizado do paciente, e da forma de educação a ser utilizada com a participação do paciente. O objetivo deste trabalho foi de realizar uma intervenção para ação educativa num grupo de pacientes portadores de lisdipidemias na USF Gabriela II do município Feira de Santana, Bahia para aumentar o conhecimento dos pacientes, a amostra foi composta por 32 pacientes (n=32). Foram avaliados: sexo, idade, antecedentes pessoais de hipertensão arterial, diabetes mellitus , intolerância alterada a glicose e Índice de massa corporal sendo aplicado um questionário inicial onde foi identificada a necessidade de adquirir mais conhecimentos sobre a doença, se planejou um programa de atividades durante seis semanas e depois responderam a uma segunda avaliação para confirmar a eficácia da atividade educacional, o nível de conhecimento dos pacientes no manejo da dislipidemia foi avaliado com resultados positivos maiormente de aceitável e bom depois de aplicada a intervenção. Concluindo que a educação de pacientes dislipidêmicos contribui a reduzir o risco da doença cardiovascular.

Autores :

IRIS JIMENEZ GONZALEZ

Referência :

Para obter o arquivo deste TCC, solicite diretamente ao autor, através do email: bacallaojimenez2013@yahoo.com

QUALIDADE DE VIDA EM PACIENTES HIPERTENSOS DA ÁREA NOVA AMÉRICA DO MUNICÍPIO EUCLIDES DA CUNHA NO PERÍODO DE NOVEMBRO DE 2013 A OUTUBRO 2014...
Download da publicação

Especificação



Titulo :

QUALIDADE DE VIDA EM PACIENTES HIPERTENSOS DA ÁREA NOVA AMÉRICA DO MUNICÍPIO EUCLIDES DA CUNHA NO PERÍODO DE NOVEMBRO DE 2013 A OUTUBRO 2014.

Resumo :

Este trabalho mostra um estudo descritivo no município Euclides da Cunha, do estado Bahia, tem como objetivo descrever a situação da qualidade de vida dos pacientes com hipertensão, esta localidade tem uma população 2860 e 540 sofrem da doença, para um 18,8 % no final de 2014, o que dá uma grande importância ao trabalho. Da população pesquisada se realiza um estudo estatístico e é processada com pacote SPSS, que aparece nos anexos e forma parte da revisão de documentos oficiais e as entrevistas do pessoal de saúde na área, para a aplicação das técnicas e o Euroqol se tive em conta uma amostra de 100 pessoas como amostragem aleatória simples tendo os diferentes casos diagnosticados, em colaboração com equipe de saúde da área. Obtendo como resultados principais que: é mais frequente em pessoas mestiças, que os pacientes hipertensos têm um baixo nível de conhecimento sobre a doença e o tratamento e que tem deficiências na qualidade de vida, então nós recomendamos ampliar o estudo a este respeito, assim como aprofundar na causalidade da relação qualidade de vida-hipertensão com pesquisas futuras. Desenhando-se uma estratégia de intervenção que é deixada como recomendação.

Autores :

IGNACIO GONZALEZ CARBALLE

Referência :

Para obter o arquivo deste TCC, solicite diretamente ao autor, através do email: ignaciogonzalez92@yahoo.es

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA NOS IDOSOS EM QUANTO A PRESENCIA DE DEPRESSÃO E/OU INCAPACIDADE MOTORA
Download da publicação

Especificação



Titulo :

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA NOS IDOSOS EM QUANTO A PRESENCIA DE DEPRESSÃO E/OU INCAPACIDADE MOTORA

Resumo :

Este trabalho foi feito para avaliar as condições físicas e/ou emocionais dos idosos da área do PSF Fogo Pouco com a aplicação de duas encostas: Escala de Depressão Geriátrica e Escala Modificada de Barthel, com o objetivo de identificar os estados depressivos e incapacidades limitantes das atividades da vida diária das pessoas idosas, e planejar as ações de saúde q desta avaliação se derive. A equipe do PSF realizou a pesquisa quantitativa com caráter descritivo-exploratório, logo se realizaram atividades com o grupo de idosos e com o apoio do NASF e coletaram-se resultados onde melhorou o estado de satisfação destes com a vida e com o processo de envelhecimento, assim como traçar uma estratégia com a equipe do PSF e o NASF para manter estes resultados obtidos.

Autores :

ICEL ROVIRA DELGADO

Referência :

Para obter o arquivo deste TCC, solicite diretamente ao autor, através do email: icelitaokan62@gmail.com

ESTILOS DE VIDA PREVENÇÃO DAS COMPLICAÇÕES DA HIPERTENSÃO ARTERIAL
Download da publicação

Especificação



Titulo :

ESTILOS DE VIDA PREVENÇÃO DAS COMPLICAÇÕES DA HIPERTENSÃO ARTERIAL

Resumo :

O presente projeto de intervenção visa qualificar o processo de trabalho na Estratégia de Saúde da Família (ESF). Tendo em vista a promoção em saúde é que se pensou numa cartilha para orientar profissionais e também usuários quanto à importância da promoção em saúde para fazer mudanças em os estilos de vida e evitar complicações. Hoje são observadas inúmeras internações decorrentes da não adesão à terapêutica anti-hipertensiva, onde indivíduos têm sua qualidade de vida interrompida por agravos como Acidente Vascular Encefálico (AVE), Infarto Agudo do Miocárdio (IAM) e outros de cunho cardiovascular. Quando abordamos um portador de hipertensão arterial, deparamo-nos com grandes dificuldades, pois as mudanças no padrão alimentar são severas e iminentes, o que requer dos profissionais inseridos na atenção básica, em especial os da saúde da família um acompanhamento rigoroso, de forma que a comunidade sinta-se sensibilizada a aderir ao tratamento evitando graves complicações, tanto as agudas como as crônicas. Após a análise de todo processo educativo/ de promoção em saúde da ESF, torna-se necessário um instrumento que venha nortear/ capacitar os profissionais inseridos neste contexto para fazer mudanças no estilo de vida nos portadores de esta doença.

Autores :

HILDA LOPEZ VAZQUEZ

Referência :

Para obter o arquivo deste TCC, solicite diretamente ao autor, através do email: hildalopez991@yahoo.es

PREVALÊNCIA DE HIPERTENSÃO ARTERIAL NA UBS DIORGE AZEVEDO
Download da publicação

Especificação



Titulo :

PREVALÊNCIA DE HIPERTENSÃO ARTERIAL NA UBS DIORGE AZEVEDO

Resumo :

Foi realizado um estudo observacional, transversal e descritivo durante os meses de janeiro a setembro de 2014 com o objetivo de determinar o numero de pacientes maiores de 15 anos com hipertensão, na área de abrangência da unidade básica de saúde Diorge Azevedo do município Encruzilhada, estado da Bahia. O universo amostral foi de 2311 pessoas, as quais foram agrupadas pelas variáveis idade e sexo. Os dados primários foram tomados nas consultas e visitas domiciliares feitas pela equipe básica de saúde e foram processados em um computador. Para os textos foi utilizado o programa de Microsoft Word e os resultados foram representados em tabelas com uma distribuição de frequência em números absolutos e porcentagem o que demonstrou que até agora o maior numero de pessoas com tensão arterial alta ficam na faixa etária entre os 20 e 39 anos, mas não temos uma diferença estatisticamente significativa entre os dois sexos.

Autores :

GRICEL GALARDY GONZALEZ

Referência :

Para obter o arquivo deste TCC, solicite diretamente ao autor, através do email: galardyglez@gmail.com

FATORES DE RISCO ASSOCIADOS À HIPERTENSÃO ARTERIAL EM PACIENTES DA UNIDADE DE SAÚDE DA FAMILIA LIMEIRA
Download da publicação

Especificação



Titulo :

FATORES DE RISCO ASSOCIADOS À HIPERTENSÃO ARTERIAL EM PACIENTES DA UNIDADE DE SAÚDE DA FAMILIA LIMEIRA

Resumo :

Estudos epidemiológicos sobre a HAS são fundamentais para conhecer os fatores de risco e as formas de controle na comunidade. Entretanto, apesar dos progressos na prevenção de doenças, no diagnóstico, no tratamento e no controle, ainda é importante problema de saúde pública. A adoção de um estilo de vida adequado é fundamental no tratamento de hipertensos, muitos fatores de risco podem ser excluídos através de modificações no estilo de vida do paciente, nosso objetivo é identificar e modificar fatores de riscos estimulando a redução do consumo de bebidas alcoólicas, abandono do cigarro, prática regular de exercícios físicos e perda de peso quando necessário, alimentação saudável e estimular a adesão ao tratamento anti-hipertensivo aos hipertensos. Nosso estudo objetivou promover ações de educação em saúde aos pacientes portadores de hipertensão arterial sistêmica adscrito na unidade de saúde da família da Limeira município Teofilândia/Bahia . Trata-se de uma pesquisa descritiva quantitativa na qual participaram 298 hipertensos acompanhados e cadastrados na Unidade de Saúde da Limeira, no período de Março a Agosto de 2014. Dentre as variáveis comportamentais observamos que o consumo de bebidas alcoólicas e falta de uma alimentação saudável foram os mais relevantes com 62,42% e 74,16% respectivamente, além da baixa adesão ao tratamento e o pouco conhecimento dos pacientes participantes sobre a doença, evidenciando a importância das ações de educação em saúde aos pacientes.

Autores :

GRACIELA JARDINEZ PAZ

Referência :

Para obter o arquivo deste TCC, solicite diretamente ao autor, através do email: graciela22carlos@gmail.com

HIPERTENSÃO ARTERIAL: ANÁLISE DO CONHECIMENTO DA POPULAÇÃO E PLANO DE INTERVENÇÃO EM UMA UNIDADE DE SAÚDE DO MUNICÍPIO DE SALVADOR, BAHIA
Download da publicação

Especificação



Titulo :

HIPERTENSÃO ARTERIAL: ANÁLISE DO CONHECIMENTO DA POPULAÇÃO E PLANO DE INTERVENÇÃO EM UMA UNIDADE DE SAÚDE DO MUNICÍPIO DE SALVADOR, BAHIA

Resumo :

Foi uma intervenção educativa com o objetivo avaliar o conhecimento dos fatores de risco de hipertensão, em 46 pacientes que apresentaram episódio de emergência hipertensiva e foram tratados no PSF Tancredo Neve II durante o período de novembro de 2013 ? abril 2014. O universo deste projeto de intervenção foi originalmente formado por 46 pacientes hipertensos, e estendido a toda população hipertensa, por meio de palestras. Para a coleta de dados foi feita uma pesquisa de acordo com bibliografia revisada coletada variáveis para estudar, ela foi aplicada pelo autor da pesquisa antes e após a intervenção. A frequência de emergência hipertensiva aumentou com a idade, com predominância no sexo feminino. Os fatores de risco que mais afetam foram tabagismo, obesidade, hipercolesterolemia. A Intervenção educativa foi bem-sucedida para o conhecimento sobre os fatores o risco de hipertensão e a realização de uma melhor qualidade de vida da população estudada.

Autores :

GLADYS NOGUEIRA SIVEIRO

Referência :

Para obter o arquivo deste TCC, solicite diretamente ao autor, através do email: gladysnogueira65@gmail.com

COMPORTAMENTO DE HIPERTENSÃO ARTERIAL NA UNIDADE DE SAÚDE DA FAMÍLIA CAJAZEIRA XI
Download da publicação

Especificação



Titulo :

COMPORTAMENTO DE HIPERTENSÃO ARTERIAL NA UNIDADE DE SAÚDE DA FAMÍLIA CAJAZEIRA XI

Resumo :

Este projeto consistiu em um estudo exploratório auto descritivo e de intervenção educativa, de investigações epidemiológicas corte, a fim de melhorar o nível de conhecimento sobre hipertensão arterial em pacientes hipertensos, pertencentes a equipe # 1 Unidade de Saúde da Família foi realizado município de Salvador, no período de abril a maio de 2014. O grupo de estudo consistiu de 200 pacientes idosos, hipertensão, dispensa rizados que a área da saúde. A amostra foi composta de 50 pacientes do sexo masculino e do sexo feminino, com idades iguais 40 e 70 anos e mais velhos que foram escolhidos aleatoriamente, cumprindo os critérios de inclusão, exclusão e ética. O estudo demonstrou as necessidades de aprendizagem dos hipertensos estudados sobre a sua doença e a necessidade de implementação de ações educativas para aumentar e melhorar a qualidade de vida desses pacientes. Os resultados obtidos após a aplicação, sem dúvida, aumentou o conhecimento da doença hipertensiva em torno de seus doentes, que permite melhorar a qualidade de vida dos mesmos.

Autores :

GALIA PROHENZA PALOMINO

Referência :

Para obter o arquivo deste TCC, solicite diretamente ao autor, através do email: rafaelvilla119@yahoo.com

EDUCAÇÃO POPULAR EM SAÚDE: VALORIZANDO O CONHECIMENTO POPULAR E AS NECESSIDADES DA POPULAÇÃO
Download da publicação

Especificação



Titulo :

EDUCAÇÃO POPULAR EM SAÚDE: VALORIZANDO O CONHECIMENTO POPULAR E AS NECESSIDADES DA POPULAÇÃO

Resumo :

Projeto de intervenção educativa realizado em posto de saúde Vila Caraipe .Texeira de Freitas extremo sul de Bahia e que teve como objetivo deste estudo foi determinar o conhecimento prévio da população assistida sobre as principais afecções que acometem a população, e propor uma agenda de educação continuada à população, com meta de promover esclarecimentos e receber sugestões de melhora de serviço.

Autores :

GABRIEL BENAVIDES PEREZ

Referência :

Para obter o arquivo deste TCC, solicite diretamente ao autor, através do email: gbenavides02@hotmail.com

TRABALHO DE EDUCAÇÃO EM SAÚDE PARA MELHORAR A BAIXA PERCEPÇÃO DO RISCO DE FICAR DOENTE DA POPULAÇÃO
Download da publicação

Especificação



Titulo :

TRABALHO DE EDUCAÇÃO EM SAÚDE PARA MELHORAR A BAIXA PERCEPÇÃO DO RISCO DE FICAR DOENTE DA POPULAÇÃO

Resumo :

A gravidez na adolescência e a gestação com alto risco, posteriormente um acompanhamento inadequado na criança menor de 1 ano, dificuldades com o seguimento da doença crônica não transmissível e transmissíveis com uma higiene ambiental inadequada constituem os principais problemas de saúdes nossa comunidade. Com o objetivo de elevar o nível de conhecimento na população se realiza um estudo de intervenção educativa com desenho quantitativo no PSF de Nova América no período de novembro 2013 e agosto 2014.

Autores :

FRANCISCO LOPEZ CASANOVA

Referência :

Para obter o arquivo deste TCC, solicite diretamente ao autor, através do email: melidiafrank@gmail.com